Como dar entrada e receber o seguro DPVAT passo a passo? – Dicas

As pessoas que sofrem acidentes de trânsito não precisam ter uma cobertura particular de seguros para serem indenizadas: há o seguro público DPVAT, que foi criado na década de 70. Com ele, qualquer cidadão que tenha sido envolvido em um acidente dessa natureza, esteja em um veículo ou não, tem direito a indenização, mesmo que tenha sido machucado pela eventual carga.

Por exemplo: um indivíduo que estava esperando para atravessar a rua e foi atingido pela carga mal fixada de uma carreta pode pedir esse seguro. Se esse mesmo indivíduo estava em um carro atrás da carreta em questão e foi atingido, tampem terá direito.

Como dar entrada no DPVAT

Qualquer indivíduo ferido em um acidente de trânsito pode acionar esse seguro da seguinte forma:

 

  • Indo ao site da Seguradora Líder, que é a responsável pelo DPVAT: https://www.seguradoralider.com.br/;
  • Selecionando “Indenização por seguro DPVAT”;
  • Clicando em “como pedir indenização” e escolher entre os tipos de danos cobertos. Cada um deles gerará uma lista de documentos e orientações.

 

O cidadão poderá também ligar para a Seguradora Líder e pedir o endereço do posto de atendimento mais próximo, mencionando qual é o tipo de dano que sofreu: 4020 1596 se a pessoa estiver em regiões metropolitanas ou capitais e 0800 022 12 04 para as demais áreas. Para deficientes de fala ou de audição, o contato especial da Seguradora Líder é o 0800 022 12 06.

Como receber o seguro DPVAT

Dá para receber pela conta poupança de três bancos específicos: Itaú, Bradesco e Caixa Econômica Federal. No caso das contas correntes, são aceitos quaisquer bancos.

De quanto é o seguro DPVAT?

Primeiramente, deve-se dizer quais são as situações nas quais esse seguro é pago: invalidez por causa de sequelas, morte e despesas médicas. Para a invalidez, o valor chega a R$ 13.500,00 por pessoa envolvida; se houve morte, os dependentes podem receber até R$ 13.500,00 também. Já os reembolsos médicos oferecidos vão a R$ 2.700,00 por pessoa envolvida.



Deixe um Comentário: