Investimento na bolsa – Curto, médio ou longo prazo. Qual melhor investimento?

Investir na bolsa de valores deixou de ser uma coisa tão complicada para ser algo que uma grande parcela da população faz.

Existem aplicações de muitos tipos: a curto, a médio e a longo prazo, com porcentagens diferentes de rendimentos, mas como escolher o melhor investimento? Para isso, é necessário que o investidor tenha atenção à sua própria condição financeira e ao que ele pretende para o seu futuro.

Investimentos de curto prazo – quando escolher

São a melhor opção quando o investidor quer desfrutar do dinheiro mais cedo: um exemplo é quando a pessoa vai fazer uma viagem no final do ano e deseja acumular um pouco de dinheiro até lá. Nesse caso, o ideal é que se use o investimento de curto prazo, com a vantagem de que dá para encontrar alguns com pouca possibilidade de perda.

Exemplos de investimentos dessa natureza são o CDB, o Tesouro SELIC, Letra de Crédito Imobiliário (conhecido como LCI) e Fundos de Renda Fixa de diferentes tipos.

Investimentos de médio prazo – quando escolher

Esse tipo é indicado quando a pessoa não tem urgência de sacar aquela quantia, mas também não quer deixa-la para ser sacada depois de muitos anos. Uma situação característica é o planejamento para faculdade: os pais de alguma criança que desejam planejar os estudos de nível superior do seu filho podem optar pelo investimento de médio prazo. Dentre os que se pode escolher, há a Letra de Crédito do Agronegócio, os Certificados de Depósitos Bancários e os Fundos Multimercados, por exemplo.

Investimentos de longo prazo – quando escolher

Esses servem para as pessoas que não têm planos determinados para o uso do dinheiro, mas querem multiplica-lo em vez de gastar ou de apenas guarda-lo. Os investimentos de longo prazo também são boas opções para pessoas que têm sonhos para serem realizados daqui a alguns anos, como a aposentadoria ou uma grande viagem por vários países.

Independentemente de qual tipo de investimento se faça, é importante sempre consultar uma corretora qualificada.



Deixe um Comentário: